Home / Destaques / Jovem que passou em 10 Concursos Federais afirma que 2018 é o ano dos concursos públicos

Jovem que passou em 10 Concursos Federais afirma que 2018 é o ano dos concursos públicos

Espera-se em 2018 a abertura de 162 mil vagas na administração pública, quase o dobro das 85 mil oportunidades oferecidas em 2017.

A realização de concursos estava suspensa desde 2016 em razão da crise econômica que o Brasil atravessou. Porém, 2018 é o ano dos concursos, pois a Máquina Pública não pode parar. Apesar de ser ano de eleição, a Lei não proíbe a realização de concursos. O que é vedado são as contratações, que não podem acontecer três meses antes do pleito eleitoral, marcado para 7 de outubro, até a posse dos eleitos, em janeiro. Então o concurseiro não precisa se preocupar, deve estudar para garantir uma das milhares de vagas previstas. Sem contar que essa proibição não abrange os municípios, que poderão nomear seus aprovados nesse período.
 
Segundo o especialista em concursos público, Kalebe Dionísio: “O concurseiro que se dedicar de verdade e estudar da forma correta conseguirá uma vaga no serviço público em 2018, não tenho dúvidas”.  Tendo feito concursos dos 17 aos 22 anos de idade, Kalebe, colecionou grandes resultados e se tornou Recordista Brasileiro como o “Jovem com maior número de nomeações em concursos federais”. Na sua breve história na área de concursos públicos foram 10 nomeações em apenas 5 anos, de 2009 a 2014, em órgãos como a Receita Federal, Ministério Público Federal, Tribunal Regional Federal entre outros.
“O que mais me atraiu no setor público foi a remuneração. Como não tinha formação na época, apenas ensino médio e sem experiência, não existia oportunidade na iniciativa privada que pagasse um salário próximo ao serviço público. Também pela estabilidade, posso fazer planos e assumir compromissos sem medo de estar desempregado amanhã”, afirma Kalebe.
 
Atualmente, já formado em Direito, ele exerce o cargo de Oficial de Justiça Avaliador Federal, no Tribunal Regional do Trabalho no Estado de Pernambuco. Agora ele se dedica apenas ao trabalho e ao seu hobby de ajudar outras pessoas a serem aprovadas também.
 
Mas nem sempre foi assim, “Nos primeiros concursos eu sempre ficava muito longe da nota necessária”, conta.
Para seguir seu sonho, o jovem encontrou resistência entre os amigos. “Alguns amigos diziam que concurso era muito difícil e que era perda de tempo estudar. Ouvia que eu era muito novo, que estava na idade de curtir e que me arrependeria depois de passar essa parte da vida só estudando. Até agora, não me arrependi de nada, muito pelo contrário, agora tenho a vida toda para curtir sem me preocupar com crises ou qualquer coisa do tipo”, desabafa Kalebe.

 
Clique na imagem para acessar o vídeo onde ele ensina sua Técnica de Estudo:
Entrevista Tv Globo

(Kalebe sendo entrevistado em uma reportagem da afiliada da rede Globo de sua região)

 

O Kalebe foi um concurseiro como muitos outros, teve diversas reprovações no início da sua caminhada de estudo. Mas aproveitou as reprovações como experiência, persistiu e aprimorou seu método de estudo para concursos e começou a colecionar aprovações.
Hoje em dia, Kalebe Dionísio coleciona aprovações em concursos.
Veja a lista completa aqui
Com a escolha da área de atuação, ele passava a estudar de forma contínua as disciplinas comuns em diversas provas como português, informática, direito constitucional e direito administrativo. Assim, quando o edital era publicado, ele revisava essas matérias e iniciava o estudo do conteúdo específico de cada prova. “Com essa estratégia, eu estudava para vários concursos da mesma área, ao mesmo tempo. Escolhia os concursos por causa do órgão, da remuneração e da jornada de trabalho”, diz.
 
O estudo de Kalebe é formado por cursos em videoaulas e materiais digitais (cursos em PDF). Quando nenhum edital estava aberto, ele costumava estudar cerca de 3 horas por dia. Com a publicação do edital, a carga de estudos aumentava para 5 a 6 horas por dia.
 
“O importante é a pessoa descobrir qual método de estudo é melhor para ela, comigo funcionou o Tripé da Aprovação”, afirma o jovem, com um sorriso no rosto e o semblante de dever cumprido.

 

 

Veja Também

Curso Bacharel em Teologia com Reconhecimento

Muito mais do que um CURSO de Teologia! Os Bacharéis formados na Faculdade da Bíblia ...

1 Comentário

  1. Realmente! depois que me matriculei no curso online minha cabeça mudou muito… nossa! quando ouvi falar do Kalebe pela primeira vez fiquei um pouco desconfiada, mais como o curso tem uma garantia decidi arriscar e não me arrependi.

DEIXE UM COMENTÁRIO